Contrate uma palestra!

e-mail: | formulário de contato

Voltar a página inicial Home     Entre em contato Contato     Telefones: (11) 3075.3040 / (11) 99153.7282 (também por WhatsApp)
Tom Coelho - Palestras e Treinamentos Tom Coelho - Palestrante
Tom Coelho Palestras e Treinamentos SIPAT e
Setor Público
Educação e Sistema S Artigos e Publicações Clientes e Parceiros Imprensa Responsabilidade Social
 Minicurrículo        Fotos        Releases        Entrevistas        Assessoria de Imprensa        Certificados


Entrevistas

Empreendedorismo, liderança e gestão de carreira

06/06/2006 - Empreendedorismo e Inovação


EMPREENDEDORISMO, LIDERANÇA E GESTÃO DE CARREIRA
Jornalista: Fabiane Sato


Congresso Brasileiro sobre o Movimento Dekassegui – Quais são as características de um empreendedor? 
 
Tom Coelho – Empreendedorismo é um jeito de ser e não de saber. Está vinculado mais à atitude do que ao conhecimento. Assim, pode ser não apenas aprendido, mas apreendido. Não apenas compreendido, mas vivenciado.
Ser  empreendedor significa estar com o anzol atirado às águas. Adotar uma postura que envolve iniciativa e acabativa, comprometimento e persistência, autoconfiança e persuasão, entre tantas outras competências. Significa adotar estas práticas para si e para os outros, na vida pessoal e na carreira.
 
CBMD – O brasileiro é um empreendedor ou ainda faltam características a serem desenvolvidas?  
 
Tom Coelho – O Brasil é considerado um dos países mais empreendedores do mundo. Mas nossas ações empreendedoras são, em grande parte, por necessidade, desenvolvidas por pessoas que buscam apenas uma ocupação ou o sustento de sua família. O empreendedorismo por oportunidade, aquele lastreado em ideias, projetos, planos de negócios, que geram empregos e promovem o desenvolvimento econômico e social, ainda não é preponderante.
 
CBMD – Como gerenciar uma carreira num mercado tão competitivo? 
 
Tom Coelho – Desenvolvendo competências empreendedoras e buscando a diferenciação.
 
CBMD – Que características são essenciais para a empregabilidade? 
 
Tom Coelho – Um conjunto de competências que classifico como técnicas, comportamentais, relacionais, valorativas e transcendentais.
 
CBMD – Para os jovens que estão ingressando o mercado de trabalho agora, no que eles devem focar: a especialidade em um determinado assunto ou saber transitar em assuntos diferentes? 
 
Tom Coelho – Pessoalmente, valorizo a visão sistêmica, ou seja, o perfil generalista. Por isso, defendo que as empresas promovam o chamado job rotation entre seus funcionários, permitindo-lhes transitar pelas diversas áreas e departamentos da empresa, conhecendo mais amplamente produto, processos e mercado. Mas é natural que, após a escolha de uma área com a qual se esteja mais identificado, busque-se uma especialização dentro da mesma.
 
CBMD – Muitos profissionais, estando ou não em início de carreira, sentem-se inseguros com relação ao seu futuro profissional. Como agir? O que devem fazer ou focar?
 
Tom Coelho – Insegurança e indefinição decorrem de uma postura reativa ao mundo. O profissional precisa encontrar sua missão de vida, estabelecer uma visão, e com base em seus valores traçar um plano de carreira.
 
CBMD – O mercado reclama de profissionais despreparados. O que está acontecendo? O excesso de competitividade gera profissionais superficiais? 
 
Tom Coelho – Este despreparo é real e sua origem está no baixo nível de nossa educação. Do ensino fundamental ao superior, estamos formando profissionais medíocres. Nosso modelo de ensino não instiga o pensar. História é para ser decorada, e não entendida. Matemática é para se aprender por tentativa e erro, e não por tentativa e acerto.
 
Há um abismo entre o que as escolas entregam e o que as empresas solicitam. A qualificação acadêmica está desalinhada da qualificação profissional.
 
CBMD – O que é liderança? 
 
Tom Coelho – Liderança é o processo de influenciar pessoas para obtenção de resultados em benefício de uma coletividade. Imagine uma orquestra. Maestro e músicos precisam trabalhar em harmonia e perfeita sincronia. Há uma hierarquia, mas todos são igualmente importantes para um resultado final satisfatório: música de qualidade. Basta um único músico fora de compasso, um instrumento desafinado, para que o trabalho de todo o grupo seja comprometido.
 
Podemos fazer igual analogia nas empresas. Assim, boas equipes com uma liderança fraca ou se desintegram ou têm a liderança substituída. Já um bom líder é capaz de transformar discórdia em união, apatia em entusiasmo, prejuízo em lucro, ressentimento em sorriso. Mas não existem líderes solitários. Se o líder está só, na verdade não está liderando ninguém.
 
CBMD – A liderança é inata de algumas pessoas ou pode ser algo adquirido/aprendido? 
 
Tom Coelho – Todos nós temos características inatas e outras que podem ser desenvolvidas. O mesmo se dá com a liderança. Algumas pessoas nascem com este perfil e podem exercê-lo, desenvolvê-lo ou até negligenciá-lo, de acordo com os estímulos que recebe. Mas a liderança pode ser ensinada, porque é uma técnica e uma arte.
 
CBMD – Como é possível desenvolvê-la ou aprimorá-la? 
 
Tom Coelho – As regras são compartilhar o poder, a informação, o compromisso e o resultado. O bom líder sabe que sempre tem algo a aprender. Por isso, cultiva a humildade. Ele mantém sua equipe informada, planeja estrategicamente e define táticas em conjunto. Comemora o sucesso e debate o fracasso. O limite é a tênue fronteira na qual o relacionamento interpessoal propositivo passa a ser visto como abertura para permissividade.
 
Recomendo também abandonar os conceitos de chefia, supervisão e gerência. São todos cargos com ênfase na tarefa ou no produto, muito preocupados com organização e controle, remetendo a uma orientação para fazer certo as coisas, ou seja, doing things right. O bom líder, por sua vez, tem ênfase na estratégia, em alinhar pessoas com a visão, em estruturar e ajustar a organização à dinâmica do jogo corporativo, remetendo a uma orientação para fazer as coisas certas, ou seja, doing the right things.
 
CBMD – O networking traz retorno ao profissional? Como deve ser feito? Que tipos de investimentos deve se fazer para uma boa rede de contatos?  
 
Tom Coelho – As regras são: cuidar de seu marketing pessoal, criar um site ou blog e participar ativamente de eventos. E todo tipo de evento, não apenas aqueles relacionados à sua carreira. Networking é essencial porque na atual “Era da Integração” não são dados ou informações, máquinas e tecnologia, que fazem a diferença. São pessoas. E mais do que isso, relacionamentos. Você possivelmente namora, casou-se ou vai se unir a alguém que conheceu em seus círculos de amizade. Possivelmente torce pelo mesmo time que um de seus pais. Frequenta academias ou clubes por indicação de alguém. Comparece à igreja a convite de um de seus pares. Trabalha numa empresa ou mudará de emprego por recomendação de um conhecido.
 
CBMD – Alguns profissionais reclamam que não conseguem ser felizes naquilo que fazem. Como aliar a realização profissional e felicidade?  
 
Tom Coelho – Leonardo da Vinci dizia: “A sabedoria da vida não está em fazer aquilo que se gosta, mas em gostar daquilo que se faz”. Sempre imaginamos que é o contrário. Porém, refletindo, passei a compreender que quando estimamos aquilo que fazemos, podemos nos sentir completos, satisfeitos e plenos, ao passo que se apenas procurarmos fazer o que gostamos, estaremos sempre numa busca insaciável, porque o que gostamos hoje não será o mesmo que prezaremos amanhã. Isso gera angústia e frustração. Por isso, é essencial valorizar as conquistas e o momento presente.
 

Veículo: Congresso Brasileiro sobre o Movimento Dekassegui


Leia outras entrevistas

Clientes

Patrocinadores

ComTexto Promo Press - Gráfica off-set e digital Qualidade em Quadrinhos Siamar - Recursos para treinamento Success Tools - Soluções para você e seu negócio TTI SUCCESS INSIGHTS – Pensou em assessment, pensou na gente TW Latin America - Soluções para internet
tom coelho © 2019 - todos os direitos reservados.

Desenvolvido e
hospedado por
tw Soluções para internet
Servidores dedicados, em nuvem e desenvolvimento
www.tw.com.br